Eixos de investigação

5 eixos de pesquisa

recherche-dermo-cosmetique3.jpgProporcionar uma resposta global

Com o intuito de disponibilizar a oferta cosmética mais completa possível, do acompanhamento dos problemas cutâneos ao cuidado da pele e do cabelo, o nosso departamento de Investigação e Desenvolvimento de dermocosmética concentra-se em cinco eixos de investigação. Hidratação, sensibilidade cutânea, Hiperpigmentação, emagrecimento e Biologia do cabelo. Cada um dos nossos especialistas identifica ingredientes ativos de interesse e novos alvos farmacológicos. Desenvolvem conhecimentos e tecnologias adaptadas para se compreender melhor a fisiologia da pele saudável ou patológica. Desenvolvem novos modelos de estudo e avaliação dos produtos.

Os resultados destas investigações são objeto de diversas comunicações em congressos e publicações científicas em revistas especializadas.

Hidratação

hydratation.jpgIdentificar novos ingredientes ativos

As investigações realizadas sobre a função de barreira visam identificar e qualificar novos ingredientes ativos que intervêm na hidratação da pele, reforço da função de barreira, manutenção da homeostasia epidérmica, resistência a diferentes tensões, proteção contra os agentes patogéneos externos, reparação celular e regeneração tecidular. Incidem igualmente na síntese química e na bio-orientação de moléculas originais.

Sensibilidade cutânea

inflammation.jpgControlar o excesso de reação cutânea

Procuramos ingredientes ativos com capacidade para controlar o excesso de sensibilidade não específica da pele e dos seus anexos nas dermatoses inflamatórias, como o acne, dermatite atópica, rosácea ou também a dermatite seborreica. Tentamos caracterizar os fatores constitucionais e ambientais envolvidos na etiologia das referidas dermatoses inflamatórias.
Os nossos investigadores desenvolveram vários modelos para caracterizar as diferentes fases destas dermatoses, estudar a sua evolução e avaliar a atividade farmacológica de moléculas ou extratos vegetais que possam melhorar o estado da pele.

Hiperpigmentação

Soluções inovadoras para prevenir e atenuar a hiperpigmentação

As nossas investigações visam propor novos ingredientes ativos que permitam clarear ou uniformizar o tom ou prevenir o aparecimento de manchas pigmentares como o melasma ou o lentigo. Os estudos de biologia clínica permitem explorar a pigmentação com técnicas de imagiologia ou biologia molecular para se compreender melhor os mecanismos envolvidos (manchas pigmentares, pigmentação constitutiva ou fotoinduzida). Além disso, são desenvolvidas moléculas celulares ou tecidulares que utilizam melanócitos e queratinócitos para caracterização das vias de regulação da pigmentação. O conjunto destes estudos permite que sejam propostas soluções inovadoras no que respeita aos produtos despigmentantes.

Emagrecimento

minceur.jpgAumentar a eficácia dos produtos adelgaçantes

O eixo de investigação sobre o emagrecimento incide na identificação dos alvos farmacológicos e ingredientes ativos que permitam aumentar a eficácia dos produtos adelgaçantes.

Os nossos laboratórios de farmacologia celular, tecidular e clínica aplicam modelos originais com auxílio dos quais serão avaliadas as propriedades dos ingredientes ativos selecionados relativamente ao seu caráter inovador. Presentemente, as nossas investigações incidem na cronobiologia.

Biologia do cabelo

cheveu.jpgBeleza e biologia do cabelo e do couro cabeludo

As propriedades biofísicas e biomecânicas dos cabelos (brilho, cor, suavidade, resistência, densidade e espessura) são objeto de estudo com recurso a diferentes tecnologias (imagiologia, ensaios mecânicos e óticos em madeixas) e avaliação com a realização de ensaios de análise sensorial. Estes métodos permitem avaliar a eficácia dos ingredientes ativos e orientam o desenvolvimento galénico dos nossos produtos capilares.



Com vista a melhorar o tratamento dos diversos tipos de quedas de cabelo e outras desordens relacionadas com o couro cabeludo, são estudados os mecanismos celulares e moleculares que contribuem para regular o ciclo capilar, a seborreia, a hidratação e a sensibilidade do couro cabeludo. O desenvolvimento de modelos in vitro com base na cultura de células do bolbo, folículos capilares inteiros e células cutâneas que permitem a seleção de ingredientes ativos cuja eficácia será confirmada in vivo para a realização de avaliações clínicas.