Investigação farmacêutica

Investimentos avultados e direcionados

recherche-pharmaceutique-co.jpg

Os investimentos efetuados em Investigação e Desenvolvimento pela Pierre Fabre Médicament e Consumer Healthcare - cerca de 20% do volume de negócios (percentagem superior à média da indústria) - traduz a importância estratégica que atribuímos à disponibilização de novas soluções terapêuticas nos campos que consideramos prioritários: oncologia, dermatologia e neuropsiquiatria. A nossa I&D Farmacêutica emprega cerca de 1000 colaboradores.

Três áreas prioritárias de investigação

Concentramos os nossos esforços de I&D em três eixos terapêuticos nos quais apresentamos uma vasta e reconhecida experiência:

A inovação aberta

partenariats-recherche.jpg

Em matéria de investigação, a Pierre Fabre privilegia sempre uma abordagem em parceria, pela complementaridade e a partilha de competências como aceleradores da inovação. A nossa parceria histórica com o CNRS no desenvolvimento da vinorelbina (Navelbine), primeiro citostático lançado pela Pierre Fabre em 1989, é um exemplo emblemático deste método de trabalho. Desde há vários anos, este método tem-se estruturado através de parcerias com várias Instituições Públicas francesas de Investigação (INSERM, CNRS, CEA, etc.), assim como com empresas biotecnológicas inovadoras (“biotechs”). Esta estratégia de "inovação aberta" visa dinamizar e acelerar a nossa atividade de I&D.