Atualidades

11-07-2019

Pierre Fabre avaliada pela ECOCERT Environnement com o nível de Excelência do modelo de avaliação ECOCERT 26000

O grupo Pierre Fabre confiou ao organismo independente ECOCERT Environnement a tarefa de avaliar a sua abordagem de RSE de acordo com a norma ISO 26000 relativa ao desenvolvimento sustentável. Nesta primeira avaliação, a empresa obteve o nível de Excelência, que corresponde ao nível de maturidade mais elevado do modelo de avaliação ECOCERT 26000, com uma classificação de 77%. Até agora, nenhuma empresa internacional da dimensão da Pierre Fabre tinha sido avaliada pela ECOCERT com base neste modelo de avaliação. 

Estamos extremamente satisfeitos por atribuir este reconhecimento ao grupo Pierre Fabre, valorizando assim o compromisso da empresa com todos os princípios orientadores em matéria de RSE constantes na norma ISO 26000. A robustez do modelo de avaliação ECOCERT 26000 constitui uma verdadeira garantia para as partes interessadas, uma vez que confirma que as suas expectativas são objetivamente consideradas pela Pierre Fabre. Este reconhecimento está em consonância com a vontade do grupo ECOCERT de valorizar os intervenientes que assumem as suas responsabilidades sociais e que estão empenhados na transição dos nossos modelos económicos a longo prazo, declarou Laurent Croguennec, Diretor-Geral da ECOCERT Environnement.

Estamos muito felizes com o resultado desta avaliação, que comprova o compromisso sincero e permanente do grupo Pierre Fabre para conjugar o desenvolvimento económico, o respeito pelo ser humano, a proteção do ambiente e a presença local, afirmou Florence Guillaume, Diretora da Green Mission Pierre Fabre, entidade responsável pela política de RSE do Grupo.

Eric Ducournau, Diretor-Geral do grupo Pierre Fabre declarou: O nível de excelência alcançado na nossa primeira avaliação pela ECOCERT Environnement resulta simultaneamente da visão de um único homem, que foi um precursor em matéria de desenvolvimento sustentável, e dos esforços levados a cabo pelos
nossos 11 000 colaboradores, que todos os dias demonstram estar à altura desta visão. Esta avaliação é uma fonte de energia para continuarmos a intensificar os esforços desenvolvidos com vista a corresponder ainda melhor às exigências de naturalidade, transparência, rigor científico e ética com os doentes, consumidores e profissionais de saúde nos 130 países onde as nossas marcas são distribuídas.

Para realizar a avaliação, a ECOCERT Environnement baseou-se em 150 entrevistas, em França e noutros países, que incluíram 55 colaboradores da Pierre Fabre selecionados aleatoriamente e um painel de 8 partes interessadas externas. Relativamente às 7 questões centrais da ISO 26000, o organismo de avaliação independente destacou vários pontos fortes e indicou algumas oportunidades de melhoria.

Seguem-se alguns dos pontos fortes do grupo Pierre Fabre destacados pela ECOCERT Environnement:

  • A visão original do fundador, "cuidar do Homem, da sua saúde e do seu ambiente", e os seus valores baseados no respeito pelas partes interessadas da empresa, não perderam vigor, sendo que constituem para a ECOCERT Environnement "a base de uma abordagem de RSE realmente transparente e ética";
  • O facto de o acionista maioritário da empresa ser uma Fundação de utilidade pública reconhecida aliado à participação particularmente dinâmica dos colaboradores no capital (85% dos colaboradores são acionistas) permitem ao grupo Pierre Fabre desenvolver as suas atividades a longo prazo;
  • O grupo tem um forte compromisso com todos os aspetos da sustentabilidade, estando na vanguarda da pesquisa e da inovação (oncologia, dermatologia, dermocosmética, etc.) e demonstrando a vontade de ser um exemplo em termos de qualidade ambiental e de condições de trabalho;
  • A implantação no Sudoeste de França, especificamente no departamento de Tarn, contribui para a criação contínua de valor num território particularmente isolado e para a exportação de conhecimentos deste território para todo o mundo.


A auditoria realizada pela ECOCERT Environnement também revelou vários eixos de progressão que vão orientar a abordagem de RSE da empresa ao longo dos 3 próximos anos:

  • Facilitar o acesso dos consumidores às informações sobre os desafios e compromissos relativos à RSE do Grupo, das suas marcas e dos seus produtos;
  • Desenvolver referenciais metodológicos para conceder a cada atividade da empresa uma apropriação mais completa dos seus desafios específicos relacionados com a RSE; 
  • Contribuir mais sistematicamente para apoiar os parceiros do Grupo na estruturação das suas próprias abordagens de RSE.

Séverine Roullet-Furnemont, Diretora de Desenvolvimento Sustentável na Green Mission Pierre Fabre, declarou: Num mundo saturado de informações "verdes", é importante apresentar provas dos compromissos assumidos aos consumidores e às partes interessadas. O exercício de transparência a que nos propusemos com a ECOCERT Environnement responde a esta exigência, sendo raras as empresas da nossa dimensão a fazê-lo. Além disso, vai-nos permitir prosseguir com a nossa abordagem de melhoria contínua, trabalhando os pontos de melhoria identificados até à próxima avaliação prevista para 2022.

O grupo Pierre Fabre já fixou vários objetivos ambiciosos e mensuráveis a curto e médio prazo:

  • 100% dos novos produtos com conceção ecológica a partir de 2019;
  • 80% dos novos extratos vegetais provenientes de plantas cultivadas em regime de agricultura biológica ou sustentável (sem tratamento fitossanitário) até 2021; 
  • redução de 30% das emissões de CO2 até 2025; 
  • redução de 25% do consumo de energia até 2025.